Banca

Bancos da zona euro depositam novo máximo recorde no BCE

Bancos da zona euro depositam novo máximo recorde no BCE

 

Lusa/AO online   Economia   27 de Dez de 2011, 10:04

Os bancos da zona euro depositaram hoje no Banco Central Europeu (BCE) 411.813 milhões de euros, um valor que constitui um novo máximo histórico e que reflecte a desconfiança existente entre as instituições financeiras.
Pese embora a injecção de liquidez levada acabo pelo BCE, a três anos, à taxa fixa de um por cento realizada na semana passada, os bancos bateram um recorde histórico no valor depositado no banco emissor, segundo a Bloomberg.

O montante hoje depositado é superior aos 346.994 milhões de euros observado na sexta-feira da semana passada, tendo-se fixado 7 por cento acima do anterior recorde no valor de 384.260 milhões de euros depositados no BCE a 11 de Junho de 2010.

A facilidade de depósitos do BCE remunera o dinheiro depositado diariamente pelos bancos da zona euro (taxa ‘overtnight’) a 0,25 por cento, uma rentabilidade inferior à taxa de referência da autoridade central europeia (REFI) que está um por cento.

Os bancos continuam assim a demonstrar relutância para emprestarem entre si, optando pela maior segurança dos depósitos junto do BCE em detrimento de procurarem uma maior rentabilidade, apesar do banco central ter realizado na semana passada uma das maiores operações de cedência de liquidez com um prazo mais alargado, com a intenção de dar maior liquidez à economia.

Os problemas de liquidez têm sido uma constante na crise da zona euro e a necessidade de restabelecer a confiança entre as instituições financeiras é fundamental para se ultrapassar a situação de falta de fundos disponíveis para serem canalizados para a economia, de acordo com analistas citados pela Bloomberg.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.