Banco de Portugal suspende averiguações a Armando Vara


 

Lusa / AO online   Economia   4 de Dez de 2009, 18:04

 O Banco de Portugal anunciou esta sexta-feira que suspendeu as averiguações à situação de Armando Vara, uma vez que os factos alegadamente atribuídos ao arguido no processo Face Oculta não se referem à sua actividade bancária.
Numa nota divulgada esta sexta-feira, o Banco de Portugal (BdP) diz que pediu ao Ministério Público informações que "pudessem ser relevantes" para as averiguações preliminares que abriu à situação do auto-suspenso vice-presidente do BCP Armando Vara.

No entanto, como o processo se encontra em segredo de justiça, o banco central foi informado "que não era possível o envio de quaisquer informações", refere a instituição.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.