Açoriano Oriental
Azores Airlines melhora prejuízo para 24,3 ME em 2023

A Azores Airlines, do grupo SATA, registou um prejuízo de 24,3 milhões de euros em 2023, uma melhoria face ao resultado líquido negativo de 32,4 milhões reportado no ano anterior, segundo dados hoje divulgados.

Azores Airlines melhora prejuízo para 24,3 ME em 2023

Autor: Lusa


“Ao longo de 2023 a Azores Airlines registou resultados líquidos positivos durante cinco meses consecutivos, tendo o resultado líquido de 2023 apresentado uma melhoria de 8,1 milhões de euros face a 2022, apesar de impactado por custos de reestruturação e por custos financeiros decorrentes de dívida contraída maioritariamente em anos anteriores”, informou o grupo aéreo, sem avançar o resultado líquido das companhias aéreas.

Tendo em conta que, no ano passado as companhias aéreas do grupo - Azores Airlines e Air Açores - comunicaram resultados líquidos negativos de 32,4 e 2,5 milhões de euros, respetivamente, foi possível perceber que o prejuízo da Azores Airlines foi de 24,3 milhões de euros em 2023.

No comunicado enviado hoje à comunicação social, refere-se que, relativamente à SATA Air Açores, “o resultado líquido do exercício foi fortemente condicionado pelos custos financeiros líquidos (8,6 milhões de euros) e pelos custos de reestruturação (1,6 milhões de euros)”.

O grupo realçou ainda que a SATA Air Açores reembolsou antecipadamente, em 20 de setembro de 2023, a totalidade do empréstimo obrigacionista de 60 milhões de euros, emitido em dezembro de 2022, cujo contributo para os gastos financeiros de 2023 ascendeu a cerca de seis milhões de euros, sendo estimada uma poupança total de 18 milhões de euros até 2026.

O documento destacou também que, no ano passado, a Azores Airlines e a SATA Air Açores atingiram 2,4 milhões de passageiros transportados e mais de 28.400 voos, enquanto as receitas ultrapassaram os 395 milhões de euros.

No caso da Azores Airlines, foi, pelo segundo ano consecutivo, o seu melhor ano de sempre em termos de passageiros transportados, com 1.445 mil passageiros (+33% face a 2022), alcançando 285,8 milhões de euros de receitas (+35% vs 2022).

Já o resultado operacional antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (EBITDA) foi de 21,6 milhões de euros, quatro vezes superior ao de 2022.

Por sua vez, a SATA Air Açores alcançou o melhor ano de sempre em termos de receitas, ascendendo a 109,5 milhões de euros e um EBITDA de 11,4 milhões de euros.

A companhia realizou mais 1.423 voos inter-ilhas do que em 2022, num total de 18.737 voos e o número de passageiros transportados situou-se nos 952.000, o que representou um crescimento de 14% (+114 mil passageiros) em comparação com o ano anterior.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados