Aviação

Aviões da TAP e SATA continuam retidos no Aeroporto das Lajes

Aviões da TAP e SATA continuam retidos no Aeroporto das Lajes

 

Lusa/AO online   Regional   7 de Set de 2011, 11:03

Os dois aviões, um da TAP e outro da SATA, que sofreram na terça-feira embates de aves continuam retidos no Aeroporto das Lajes, nos Açores, revelaram à Lusa fontes das duas companhias aéreas.
O avião da SATA "deverá partir às 11:30 (12:30 de Lisboa) com destino aos EUA", afirmou o porta-voz da empresa, José Gamboa, adiantando que o aparelho transportará 218 passageiros que ficaram retidos devido ao embate de uma ave.

José Gamboa assegurou que o aparelho "não tem nenhum dano", justificando que a demora na realização do voo foi provocada pelo facto de o "aeroporto de destino (na Califórnia) já estar encerrado" quando o avião ficou reparado e recebeu a certificação para voar.

A SATA Internacional, segundo José Gamboa, "garantiu aos passageiros retidos as despesas com refeições e estadia".

Relativamente ao avião da TAP, que deveria fazer a ligação entre a Terceira e Lisboa, uma fonte da transportadora aérea portuguesa afirmou que "não está concluída a sua reparação".

A TAP estima, no entanto, que o avião possa ficar reparado até ao "final do dia".

O avião deveria transportar 189 passageiros, dos quais 20 foram reencaminhados para um voo realizado na terça-feira, enquanto os restantes devem chegar hoje a Lisboa em voos que se realizam ao longo do dia.

Nesse sentido, a TAP colocou na rota entre Lisboa e a Terceira "aviões maiores para os três voos previstos para hoje, na perspectiva de poder reencaminhar ao longo do dia os passageiros retidos".

Os dois aviões ficaram retidos na terça-feira no Aeroporto das Lajes, na Terceira, Açores, devido a embates de aves ocorridos após a descolagem.

Esta foi a terceira vez que ocorreu um acidente do género em três dias com aviões da TAP naquele aeroporto, tendo embates mais ligeiros afetado os voos 1826, no domingo, e 1828, na segunda-feira, segundo fonte das relações públicas da empresa.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.