Sociedade

Autarquia de Ponta Delgada lança guia de apoio ao idoso


 

João Cordeiro   Regional   28 de Out de 2008, 09:55

O Guia Municipal do Idoso, lançado ontem pela autarquia de Ponta Delgada no primeiro dia da semana “Viva a Vida”, nas Portas da Cidade, reúne um conjunto de informações e contactos úteis em caso de emergência e divulga os serviços e projectos dos quais os idosos do município podem usufruir.
Berta Cabral, presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, salientou a utilidade da lista de contactos de emergência do guia, que inclui centros de saúde, farmácias, juntas de freguesia e ainda outros de utilidade geral,  que devem “estar à mesa-de-cabeceira”.
O guia apresenta ainda os lares de idosos, os centros de convívio e os serviços de apoio domiciliário disponíveis no concelho, assim como os projectos de intervenção social da autarquia dedicados à terceira idade, como o projecto “Idosos Saudáveis Crianças Seguras” - programa de apoio ao atravessamento de passadeiras junto de escolas primárias -, o projecto “Obras em Casa na Terceira Idade” - serviço gratuito da câmara, que visa apoiar idosos em pequenas obras de reparação domiciliária -, o “Banco de Tempo” - rede de voluntários que colocam as suas aptidões ao serviço dos outros -, e a Universidade Sénior, que promove a aprendizagem ao longo da vida.
Distribuído com o guia, o cartão do idoso, que existe há mais de cinco anos, tem agora uma nova imagem e a lista de estabelecimentos comerciais que oferecem descontos aos portadores foi actualizada.
Para incentivar o exercício físico na terceira idade, o Guia Municipal do Idoso apresenta uma lista de seis actividades extremamente simples que podem ser realizados em casa, assim como o programa de hidroginástica que a autarquia desenvolve nas instalações dos Bombeiros Voluntários de Ponta Delgada, que conta já com quatro turmas.
Não esquecendo que os mais velhos são muitas vezes acompanhados por familiares sem preparação especializada para actuar em caso de emergência, o guia do idoso contempla uma lista de dicas de apoio ao cuidador do idoso.
A presidente da autarquia de Ponta Delgada refere que os idosos “estão muito desapoiados e precisam de muita ajuda”, porque a vida é cada vez mais exigente e as pessoas acabam por não ter tempo para conciliar o acompanhamento aos seus idosos, o acompanhamento às suas crianças e a vida profissional.
Aprofundar os programas da Câmara Municipal, de modo a ir ao encontro das necessidades dos idosos, é a intenção de Berta Cabral.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.