Autarquia da Lagoa incentiva progresso escolar dos alunos

Autarquia da Lagoa incentiva progresso escolar dos alunos

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   4 de Dez de 2018, 14:55

A presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto enalteceu o trabalho e desempenho da Escola Básica e Integrada de Água de Pau, destacando a evolução dos alunos naquela escola, no âmbito da comemoração do Dia Internacional da Cidade Educadora, que teve lugar na passada semana e num programa que se estendeu à autarquia e a todas as escolas do concelho.

No âmbito da cerimónia foi entregue a Declaração do Dia Internacional da Cidade Educadora 2018 e atribuído prémios aos melhores alunos da referida escola.

Na ocasião a autarca dirigiu uma palavra de reconhecimento ao “trabalho competente e dedicado do conselho executivo, que tem demonstrado uma visão dinâmica e inovadora que prima pela motivação dos seus alunos, numa época em que se colocam acrescidas exigências ao ensino”, disse citada em nota de imprensa.

A Câmara Municipal de Lagoa ofereceu, desta forma, um prémio monetário aos melhores alunos da EBI de Água de Pau, na expetativa de que o mesmo sirva de motivação para que os estudantes continuem um percurso académico de sucesso.

Foram, igualmente, atribuídos prémios de mérito aos alunos que superaram as suas dificuldades, reconhecendo, desse modo, o esforço e motivando a continuidade do progresso escolar.

Gonçalo Almeida, Gonçalo Furtado, Inês Pereira, Isabel Trindade, Hélder Pacheco, Matias Calouro, Matilde Couto, Tomás Couto e Margarida Ponte, foram os alunos reconhecidos, sendo que, o Clube de Teatro também foi homenageado.

Cristina Calisto relembrou que a Lagoa, na qualidade de cidade educadora, tem como propósito implementar medidas que “incitem a uma democracia mais participativa, potenciando os valores cívicos e democráticos de todos os cidadãos”. Por outro lado, a autarca referiu que a autarquia, instituições e escolas do concelho, têm por missão “formar uma cidadania mais preparada, mais crítica e corresponsável capaz de enfrentar os desafios do século XXI porque só com a colaboração de entidades, organizações, clubes, associações de índole educativa, desportiva, cultural e social, bem como com o tecido empresarial e meios de comunicação poderemos construir uma verdadeira Cidade Educadora”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.