Atlânticoline sem barco a tempo para as Festas do Santo Cristo

Atlânticoline sem barco a tempo para as Festas do Santo Cristo

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   17 de Mai de 2019, 07:03

O início da operação sazonal da Atlânticoline está a ser afetada pelo atraso na entrega do Azores Express.

O navio que iria começar a operar a 23 de maio, próxima quinta-feira, e por altura do início das as festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres, ainda se encontra retido na Grécia, devido a atrasos na sua certificação.


Segundo explica comunicado da Atlânticoline, o navio está a ser submetido a uma remodelação integral de casco, interiores e máquinas, uma operação que deveria ter sido concluída no passado dia 12 maio, mas tal não aconteceu.


A solução encontrada pela empresa dos Açores, e por forma a garantir o transporte dos passageiros que tinham reservas efetuadas para a participação nas festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres, passa por uma conjugação do transporte marítimo no Grupo Central e do transporte aéreo, garantindo o transporte dos passageiros do Triângulo até à Terceira com o navio “Gilberto Mariano”, ficando a operação complementada pela SATA Air Açores, nas ligações da Terceira e de Santa Maria para São Miguel, bem como o respetivo regresso.


“Aos clientes que, ainda assim, pretendam desistir da viagem, a Atlânticoline procederá à devolução integral dos valores dos bilhetes entretanto pagos, nos termos contratuais”, acrescenta a empresa.


O comunicado diz ainda que a empresa irá contactar todos os passageiros afetados para, junto de cada um, encontrar a alternativa mais adequada, sendo que esses contactos foram iniciados na quinta-feira.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.