Apple lança novo sistema operativo a 26 de Outubro


 

Lusa/AO online   Economia   17 de Out de 2007, 19:08

O novo sistema operativo da Apple, Leopard, está à venda a partir de dia 26, por cerca de 91 euros, anunciou esta quarta-feira a empresa de Steve Jobs.
       A loja virtual da Apple já está a aceitar reservas deste novo sistema, cujo preço original é de 129 dólares.

    O Leopard, segundo a Apple, disponibiliza mais de 300 novas funções, das quais se destaca a actualização do motor de pesquisa com "CoverFlow", que permite a navegação de forma visual entre os arquivos, à semelhança da pesquisa de álbuns do iTunes.

    Uma das novas funções é o "Boot Camp", que permite aos utilizadores instalar o sistema Windows da Microsoft nos computadores Mac, embora os dois sistemas operativos não possam correr em simultâneo.

    Esta funcionalidade, apresentada numa versão teste em 2006, já atraiu novos clientes à plataforma Macintosh e a parcela de mercado da Apple tem subido no mercado.

    O Leopard incorpora o "My Mac", que permite o acesso ao arquivo de outros Macintosh, através da Internet, o "QuickLook", que apresenta o conteúdo do arquivos sem ser necessário iniciar a aplicação que os abre e um dicionário integrado com acesso à Wikipedia.

    A aplicação de cópias de segurança "Time Machine" também estará disponível nesta nova versão, mas apenas como uma unidade externa, vendida em separado.

    O lançamento no mercado deste novo sistema operativo estava inicialmente previsto para Junho deste ano, mas a Apple anunciou em Abril que, para lançar no mercado na data marcada o iPhone, iria concentrar os seus recursos no novo produto.

    Phil Schiller, vice-presidente sénior da Apple, afirmou que a empresa espera que os utilizadores adoptem rapidamente o Leopard, ao contrário do que sucedeu com o último sistema operativo da Microsoft.

    Quando a Microsoft lançou o sistema operativo Vista, a maior actualização dos últimos cinco anos do Windows, em Fevereiro, problemas de compatibilidade levaram os utilizadores e fabricantes a retornar ao antigo Windows XP.

    Os utilizadores domésticos e as escolas continuam a ser o mercado-alvo preferencial da Apple, mas a área de negócios será também contemplada, dado que a Apple irá lançar, simultaneamente, uma versão do Leopard para servidores.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.