ANACOM aprova redução de 10% no preço dos circuitos por cabo submarino para Madeira e Açores

ANACOM aprova redução de 10% no preço dos circuitos por cabo submarino para Madeira e Açores

 

Lusa/AO Online   Regional   7 de Nov de 2018, 17:35

A ANACOM aprovou uma descida de 10% no preço máximo dos circuitos de telecomunicações por cabo submarino entre o continente e as regiões autónoma da Madeira e dos Açores, anunciou o presidente da instituição.

"Temos procurado criar condições para que todas as empresas que queiram estar presentes na Madeira não possam invocar que os preços do aluguer dos circuitos do cabo submarino são muito elevados", disse João Cadete Matos, após reunião do conselho de administração da Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM), que decorreu no Funchal.

O responsável referiu-se, em concreto, às empresas Vodafone e Nowo e salientou que, com a descida agora aprovada, os preços dos circuitos CAM (Continente, Açores e Madeira) registam já uma redução acumulada superior a 86% desde 2015.

"Procuramos desde modo aumentar concorrência, estimulando a qualidade do serviço e a descida dos preços ao consumidor", disse João Cadete Matos, vincando que a ANACOM está, deste modo, a criar condições para o "aumento dos investimentos" ao nível da cobertura em toda região autónoma.

Após a reunião da Autoridade Nacional de Comunicações foi inaugurada na sede da instituição na capital madeirense a exposição itinerante "Selos Portugueses de Além-Mar", que seguirá depois para os Açores e finalmente para o Porto.

A exposição exibe 88 selos e os respetivos desenhos originais, emitidos nas antigas colónias portuguesas de África, Ásia e Oceânia, que integram o acervo filatélico à guarda da ANACOM.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.