AIE prevê preço do barril de petróleo nos 80 dólares


 

Lusa/AOonline   Economia   13 de Nov de 2008, 11:17

A Agência Internacional de Energia (AIE) voltou a cortar as suas previsões para a procura mundial de petróleo em 2008 e 2009, refere o seu relatório mensal da organização publicado esta quinta-feira.
A agência prevê ainda que o preço do barril de petróleo se situe nos 80 dólares em 2009, o que significa um forte corte na sua previsão de há três meses quando previa que o barril se situasse nos 110 dólares no próximo ano.

    A AIE, que defende os interesses dos países industrializados, baixou a sua previsão para a procura mundial em 2008 para 86,2 milhões de barris por dia e para 86,5 milhões de barris por dia em 2009.

    A organização explica a sua decisão com o abrandamento do crescimento económico a nível mundial previsto pelo Fundo Monetário Internacional (FMI).

    No seu anterior relatório, a AIE já tinha cortado a sua previsão para a procura em 2008, para 86,5 milhões de barris por dia, e para 2009, para 87,2 milhões de barris diários.

    A procura dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económicos (OCDE) deverá cair 2,7 por cento em 2008 e 1,6 por cento em 2009 devido à “deterioração das condições económicas” na América do Norte e no Pacifico e face às perspectivas de recessão na OCDE.

    A China, que tem sido o principal motor de procura mundial de petróleo, deverá registar uma quebra de 290 mil barris por dia em 2009, menos 180 mil barris diários do que o inicialmente previsto.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.