Açores vão reforçar em 100ME fundos europeus para programas de emprego

Açores vão reforçar em 100ME fundos europeus para programas de emprego

 

Lusa/AO Online   Regional   14 de Nov de 2013, 12:30

O Governo dos Açores vai reforçar em 100 milhões de euros as verbas destinadas a programas de promoção do emprego no próximo Quadro Comunitário de Apoio, disse hoje o vice-presidente do executivo regional.

Sérgio Ávila falava à entrada para uma reunião do Conselho Estratégico da Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA), em Ponta Delgada.

O responsável disse aos jornalistas que a reunião ocorre no âmbito da preparação do próximo sistema de incentivos públicos à economia e da "política global de afetação de recursos e da estratégia" para o quadro comunitário de apoio que arranca em 2014.

Sérgio Ávila revelou que o Governo dos Açores tomou a "opção de reforçar em 100 milhões de euros, no próximo período de programação [de fundos europeus, 2014-2020], as verbas afetas a programas de emprego".

O objetivo, acrescentou, é apoiar a inserção de jovens recém-licenciados no mercado de trabalho, a qualificação académica e profissional de desempregados e as empresas a nível da manutenção "e particularmente" da contratação de desempregados.

Sérgio Ávila disse que ia também transmitir aos conselheiros da SDEA as opções do executivo a nível das novas regras para o sistema de incentivos à economia, a partir de 2014, reiterando que o objetivo é passar a valorizar a capacidade das empresas criarem "emprego líquido" e de os investimentos gerarem "valor acrescentado para a economia regional".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.