Açores disponibilizam plataforma eletrónica para divulgar desempenho energético dos edifícios públicos


 

AO Online/ Lusa   Regional   7 de Set de 2019, 18:10

O Governo dos Açores vai disponibilizar uma plataforma eletrónica para divulgar o desempenho energético dos edifícios públicos, uma ferramenta no âmbito do Programa de Eficiência Energética na Administração Pública, recentemente legislado na região, foi anunciado este sábado.

Numa nota enviada às redações, o executivo regional explica que para a operacionalização da plataforma foi assinado, em Lisboa, um protocolo de colaboração entre a direção regional da Energia, a elétrica açoriana EDA e a ADENE – Agência para a Energia.

Trata-se de “uma ferramenta que, no âmbito do Programa de Eficiência Energética na Administração Pública, recentemente legislado na região, permite que os organismos públicos visualizem e divulguem os seus consumos energéticos, podendo, por esta via, identificar e implementar medidas de melhoria, incrementando a sua eficiência energética”, salientou a diretora regional da Energia, Andreia Carreiro, na assinatura do protocolo.

Citada numa nota do Governo Regional, a diretora regional da Energia salientou que “esta ferramenta foi adaptada à região de modo a transpor as especificidades” do arquipélago e “a incluir a automatização da recolha de dados de consumo de energia, mostrando-se uma boa opção para o Executivo porque permite otimizar custos e, também, garantir a sua operacionalidade imediata e a convergência com o programa nacional”.

"Em 2018, o Governo dos Açores formou mais de 40 Gestores Locais de Energia na região", segundo dados divulgados pelo executovo açoriano.

Estão agendadas para outubro formações em São Miguel, no Faial e na Terceira, asseguradas pela direção regional da Energia através do Centro de Formação da Administração Pública dos Açores.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.