Açoriano Oriental
Açores com previsões de ondas de cinco metros na quarta e na quinta-feira

Várias capitanias dos Açores alertaram hoje para um agravamento do estado do mar nos grupos ocidental e central, na quarta e na quinta-feira, com previsão de ondas que podem ultrapassar os cinco metros de altura.

article.title

Foto: Direitos Reservados
Autor: Lusa/AO Online


“A agitação marítima de noroeste pode ultrapassar os cinco metros de altura”, informou, em comunicado, João Mendes Cabeças, capitão dos portos de Angra do Heroísmo e da Praia da Vitória, referindo-se às previsões de agravamento do estado do mar nas ilhas Terceira e Graciosa (grupo central).

Também o capitão dos portos de Santa Cruz das Flores e Horta, Rafael Silva, alertou para a possibilidade de agravamento do estado do mar, no grupo ocidental (Flores e Corvo) e nas restantes ilhas do grupo central (Faial, Pico e São Jorge).

“No grupo ocidental (…), a ondulação, de nornoroeste, poderá ultrapassar os quatro metros de altura significativa no final do dia 17 e nas primeiras horas do dia 18”, apontou.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), esperam-se na quarta-feira ondas “de dois a três metros, aumentando para três a cinco metros”, em todas as ilhas dos Açores, de noroeste, no grupo ocidental, de norte/noroeste, no grupo central, e de norte, no grupo oriental (São Miguel e Santa Maria).

A previsão do IPMA para quinta-feira aponta para ondas de norte de três a quatro metros, diminuindo para dois, no grupo ocidental, e para ondas de norte de três a cinco metros, diminuindo para dois a três metros, nas restantes ilhas.

Os capitães dos portos de Angra do Heroísmo, Praia da Vitória, Santa Cruz das Flores e Horta recomendam a adoção de medidas de precaução à comunidade marítima e à população em geral, como “o reforço das amarrações das embarcações e a sua vigilância, sobretudo nas zonas mais expostas”.

As capitanias aconselham ainda que se evitem “passeios junto da orla costeira, próximo da linha de água, em particular nos molhes, piscinas naturais e zonas balneares”.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.