70% dos jovens vive em precariedade laboral

70% dos jovens vive em precariedade laboral

 

AO Online   Regional   23 de Nov de 2018, 00:00

O assunto de destaque desta edição é a conclusão de um estudo realizado pelo Universidade dos Açores que concluiu que a grande maioria dos jovens açorianos enfrentam situação de baixos salários e instabilidade contratual

No jornal desta sexta-feira, merece ainda destaque a denúncia da falta de polícias nos Açores, bem como a exigência das Regiões Ultraperiféricas de que Bruxelas não baixe a atual taxa de cofinanciamento de 85%.

O Desporto noticia que o Vale Formoso recorreu ao apoio de uma 'mental coach' para preparar o jogo com o Tondela da Taça de Portugal.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.