20 pessoas sobreviveram ao acidente com Boeing 737 no Quirguistão


 

Lusa / AO online   Internacional   24 de Ago de 2008, 20:34

Vinte pessoas sobreviveram ao acidente com um Boeing 737 com 90 pessoas a bordo que se despenhou minutos depois de descolar do aeroporto internacional de Manas, perto da capital do Quirguistão, declarou o primeiro-ministro quirguize, Igor Chudinov.
    "De acordo com informações preliminares, 20 das 90 pessoas a bordo sobreviveram", declarou o chefe do governo, citado pela Reuters on-line.

    Anteriores informações avançadas pelos Ministérios da Saúde e das Situações de emergência davam conta de 71 mortos e 25 sobreviventes.

    O aparelho, um Boeing 737, despenhou-se minutos depois de descolar do aeroporto internacional de Manas, a cerca de 30 quilómetros da capital quirguize, depois de o piloto ter comunicado a detecção de problemas técnicos.

    O avião acidentado pertencia à companhia Itek-Air, proibida de voar no espaço aéreo da União Europeia por razões de segurança, constando da última lista, publicada a 24 de Julho deste ano.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.