Macroeconomia

Zona euro evita recessão mas "à tangente"

Zona euro evita recessão mas "à tangente"

 

Lusa/AO online   Economia   10 de Set de 2008, 16:58

A Comissão Europeia reviu em forte baixa a previsão de crescimento para 2008 na Zona Euro para 1,3 por cento contra 1,7 antes, e vai evitar a recessão "à tangente", segundo as previsões intercalares hoje divulgadas.
Segundo os números de Bruxelas, a Zona Euro deverá conhecer uma estagnação do Produto Interno Bruto (PIB) no terceiro trimestre face ao anterior, e depois um crescimento de 0,1 por cento no quarto trimestre, após um recuo de 0,2 por cento no segundo.

    A confirmarem-se estas previsões, deverá evitar, mas por pouco, uma recessão técnica, que se caracteriza por dois trimestres consecutivos de recuo do PIB.

    O executivo europeu prevê que vários países europeus conhecerão a nível nacional um tal recessão técnica, começando pela Alemanha, a primeira economia europeia. Deverá registar, segundo Bruxelas, um recuo de 0,2 por cento do PIB no terceiro trimestre após uma baixa de 0,5 por cento no segundo.

    A recessão vai também afectar o Reino Unido, mas um pouco mais tarde, segundo a Comissão que aponta para um recuo do PIB britânico de 0,2 por cento no terceiro e no quarto trimestre.

    A Espanha deverá também registar uma recessão no final do ano, com uma baixa de 0,1 por cento do PIB no terceiro trimestre e de 0,3 por cento no último, indica Bruxelas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.