Washington vai acelerar o seu projecto de escudo anti-míssil


 

Lusa / AO online   Internacional   6 de Nov de 2007, 10:49

Washington decidiu, apesar da oposição de Moscovo, acelerar o seu projecto de escudo anti-míssil, cujo custo já foi incluído no próximo orçamento militar norte-americano, afirmou segunda-feira o secretário de Estado adjunto dos Assuntos Europeus, Daniel Fried.
“O orçamento da defesa inclui a defesa anti-míssil e estou orgulhoso de anunciar que existe mais apoio no congresso norte-americano e no seio da NATO ao projecto anti-míssil”, indicou.

Daniel Fried acrescentou que os Estados Unidos vão esforçar-se com a Rússia para melhorar as “capacidades de defesa” e sugeriu ao Azerbeijão que participe nas negociações sobre o projecto.

Os Estados Unidos negoceiam há cerca de um ano a instalação na Polónia de 10 mísseis anti-mísseis e de um radar na República Checa.

No entanto, as discussões com a Rússia, que vê nas instalações norte-americanas perto das suas fronteiras e na sua antiga esfera de influência uma ameaça para os seus interesses vitais, estão num impasse.

Os norte-americanos asseguram que não se trata de uma ameaça dirigida contra a Rússia, mas um projecto destinado a contrariar um eventual perigo vindo do Irão.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.