Açoriano Oriental
Vitória superioriza-se ao Santa Clara e volta a vencer na I Liga

O Vitória de Guimarães regressou este domingo aos triunfos na I Liga de futebol, ao derrotar o Santa Clara por 2-0, numa partida da 10.ª jornada em que foi superior praticamente durante os 90 minutos.

article.title

Foto: HUGO DELGADO/LUSA
Autor: Lusa/Ao online

Num embate disputado sob muita chuva, em que os minhotos jogaram quase sempre de pé para pé e foram, ao mesmo tempo, intensos fisicamente, perante um adversário que tentou ameaçar a baliza sempre que pôde, Davidson inaugurou o marcador, aos 26 minutos, e André André 'selou' o resultado, de penálti, aos 81.

Invictos no campeonato há cinco jogos, os vitorianos triunfaram de novo após dois empates e ascenderam ao sétimo lugar da tabela, com 15 pontos, tendo ultrapassado precisamente a turma da ilha de São Miguel, que averbou o segundo desaire consecutivo e ocupa agora o nono lugar, com 14.

A equipa treinada por Luís Castro, composta exatamente pelos mesmos 11 jogadores que alinharam na ronda anterior, frente ao Boavista (0-0), apareceu em campo com um futebol rente à relva, com a bola a circular entre todos os elementos, e obrigou o adversário a recuar para as imediações da área até ao golo inaugural.

Apesar de ter subido poucas vezes à área contrária nos primeiros 25 minutos, o conjunto treinado por João Henriques criou, aos 11 minutos, a primeira situação de golo, quando Pineda, num cruzamento que levou a direção da baliza, obrigou Douglas a esticar-se para evitar o golo.

O trabalho dos vitorianos na construção ofensiva só começou a dar frutos a partir do minuto 20, com Tozé a obrigar Marco a defesa atenta, aos 23, e a cobrar, aos 24, o livre ao qual Osorio respondeu com um cabeceamento forte, que esbarrou no poste direito da baliza insular.

A equipa da casa precisou de mais dois minutos para capitalizar o ascendente no encontro e fê-lo através do contra-ataque, um caminho diferente daquele até aí utilizado: Osório desmarcou Alexandre Guedes na direita e o ponta de lança cruzou para o segundo poste, onde surgiu Davidson a 'disparar' de cabeça para o fundo das redes.

Obrigado a reagir, o Santa Clara passou a ter mais bola até ao intervalo e avançou no terreno, mas, além de ter sentido dificuldades para incomodar a baliza vitoriana, ainda viu as redes à guarda de Marco serem ameaçadas em remates de Davidson, aos 37 minutos, e de Tozé, aos 42, por cima.

As equipas dividiram a iniciativa atacante no primeiro quarto de hora da segunda parte, mas o futebol apoiado do Vitória continuou a prevalecer, com Tozé a ameaçar o segundo golo, num cabeceamento travado por Marco, a vantagem de cabeça, aos 55 minutos.

O jogo passou depois por uma fase de menor intensidade, na qual a formação açoriana conseguiu avançar mais no terreno perante um adversário contido, mas, a partir do minuto 70, o Vitória voltou a 'alongar-se' no terreno e 'selou' o resultado num penálti a sancionar empurrão de César a Tozé, convertido por André André.



Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.