Vice-presidente da Câmara de Angra do Heroísmo vai renunciar ao cargo


 

Lusa/AO Online   Regional   6 de Dez de 2011, 06:51

O vice-presidente da Câmara de Angra do Heroísmo anunciou hoje que vai renunciar ao cargo, alegando que “não há condições” para continuar, devido ao “clima criado” pela oposição ao Executivo deste concelho da Terceira, nos Açores.

“Os vereadores da oposição colocaram desde a primeira hora os interesses político-partidários acima dos interesses dos angrenses”, acusou Francisco Cota Rodrigues, eleito pelo PS, cuja decisão se segue ao afastamento da presidente da autarquia, a também socialista Andreia Cardoso, que alegou motivos pessoais para abandonar o cargo.

Francisco Cota Rodrigues frisou que a oposição, do PSD e CDS/PP, bloqueou “de forma sistemática” as iniciativas da autarquia, impedindo a sua governação, recordando que foram “retiradas todas as competências delegadas à presidência, aumentando a burocracia e atrasando irremediavelmente os processos”.

Os social-democratas e o centrista “recusaram-se a integrar o Executivo municipal, renunciaram a cargos que desempenhavam na (empresa municipal) Culturangra e nos serviços municipalizados e criaram um clima de guerrilha institucional que comportou, não raras vezes, ataques pessoais”, acrescentou.

Em declaração apresentada esta tarde, o autarca socialista salientou ainda que os vereadores da oposição “comunicaram recentemente o voto contra o orçamento da Câmara Municipal e dos serviços municipalizados para 2012, antes sequer da sua discussão”, considerando que essa situação “prova a dificuldade de diálogo e cooperação no sentido de defesa dos interesses superiores dos angrenses”.

Nestas circunstâncias, Francisco Cota Rodrigues considerou que “não há condições de prosseguir”, pelo que renunciará ao cargo a 12 de dezembro, altura em que também a vereadora Raquel Silva, eleita pelo PS, renunciará.

A autarquia tem sete vereadores, que se dividem em três do PS, outros tantos do PSD e um do CDS/PP.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.