Açoriano Oriental
Covid-19
Venezuela retoma voos para a Turquia, República Dominicana, México e Irão

As autoridades venezuelanas reabriram as operações aéreas comerciais entre a Venezuela e a Turquia, a República Dominicana, o México e o Irão.

Venezuela retoma voos para a Turquia, República Dominicana, México e Irão

Autor: Lusa/AO Online

O anúncio foi feito pelo Instituto Nacional de Aviação Civil da Venezuela (INAC), através da NOTAM (aviso aos navegantes com informação aeronáutica) C0926/20.

Através de um comunicado, o organismo regulador da aviação civil venezuelana anuncia ainda que a reabertura das operações comerciais no Aeródromo de El Gran Roque, situado na ilha turística de Gran Roque, 165 quilómetros a norte de Caracas, a partir de hoje.

O INAC explica ainda que as operações aéreas comerciais continuam restringidas no país, sem precisar quanto durarão as restrições, que segundo a imprensa local vigoram por 30 dias.

Segundo o INAC as restrições às operações aéreas têm por base “diretrizes do Executivo Nacional, para continuar a garantir a segurança do povo venezuelano e a dar o apoio necessário durante a atual contingência perante a pandemia da covid-19”.

“Ficam isentas as operações em estado de emergência, os voos de carga e de correio, aterragens técnicas, voos humanitários, repatriação ou voos autorizados pelas Nações Unidas e a passagem aérea de voos de carga e comerciais”, explica.

Como medida preventiva, para evitar a propagação do novo coronavírus, os passageiros naqueles voos “deverão cumprir a quarentena social coletiva sob estrita supervisão do Estado (venezuelano), assim como submeter-se às avaliações médicas correspondentes”, explica.

“Os voos excetuados deverão contar com uma pré-autorização da autoridade aeronáutica venezuelana, e das autoridades sanitárias e de migração”, salientou.

Segundo o INAC os “aeroportos de Maiquetía [a norte de Caracas], Maracaibo, Porlamar, Barcelona, Barquisimeto, Valência, Punto Fijo, San António del Táchira, Santo Domingo, Puerto Ordáz, Maturín e Caracas [a sul da capital]” estão fechados aos voos internacionais para prevenir a covid-19.

A restrição às operações aéreas na Venezuela começou em 12 de março, primeiro com os voos provenientes da Europa e da Colômbia, e depois a nível global, com o propósito de travar a pandemia da covid-19 no país.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.