Vendas da Roche caem com quebra do Tamiflu


 

Lusa/AO online   Economia   14 de Out de 2010, 18:49

A Roche anunciou esta quinta-feira a redução das vendas em 7,3 por cento no terceiro trimestre de 2010, face a igual período de 2009, devido à queda a pique da facturação do Tamiflu, medicamento usado contra a gripe A.
As vendas no terceiro trimestre deste ano ascenderam a 11,5 mil milhões de francos franceses (8,6 mil milhões de euros), menos 7,3 por cento em relação aos 12,4 mil milhões de francos (9,3 mil milhões de euros) registados no mesmo período do ano passado.

No entanto, o director-geral do grupo Roche, Severin Schwan, justificou que as vendas da Roche “num mercado complexo”, registaram “um crescimento sólido” nos primeiros nove meses do ano.

“Considerando o nosso rendimento até agora, esperamos alcançar os objectivos traçados para 2010", concluiu.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.