Vasco Cordeiro aponta "adesão massiva" a programas públicos de incentivos

Vasco Cordeiro aponta "adesão massiva" a programas públicos de incentivos

 

Lusa/AO Online   Regional   27 de Fev de 2019, 10:03

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, enalteceu o sistema de incentivos durante a visita a um supermercado que beneficiou de financiamento do programa ‘Competir+’, em Vila da Praia, na Graciosa.

Em visita ao Supermercado Melo, na freguesia de Vila da Praia, na ilha Graciosa, Vasco Cordeiro mencionou a importância dos programas públicos de incentivos, apontando o caso como um exemplo de “empresários da região para os quais os sistemas de incentivos fizeram a diferença”.

O líder do executivo falou numa “adesão massiva ao aproveitamento destes sistemas de incentivos públicos”, avançando que já foram investidos 475 milhões de euros, com “mais de mil projetos apresentados”, aos quais correspondem mais de dois mil postos de trabalho criados.

Contudo, Idalberto Melo, proprietário do supermercado que foi hoje visitado pela comitiva governamental, mencionou as dificuldades que se vivem na ilha devido à sazonalidade, admitindo que, apesar de empregar, atualmente, 14 funcionários, terá que dispensar três ou quatro “para poder sobreviver”.

O empresário, que já tinha outro estabelecimento comercial mais pequeno, investiu cerca de 400 mil euros, dos quais 180 mil euros foram comparticipados pelo programa de incentivos ‘Competir+’, no supermercado que está em funcionamento desde 01 de julho de 2017.

Questionado sobre o assunto, Vasco Cordeiro afirmou que o Governo Regional está a “trabalhar em diversas frentes para ajudar a responder a esta situação”.

“A própria existência de sistemas de incentivos constitui um meio de facilitar o investimento, a modernização, como é este exemplo, mas também noutros domínios, caso do próprio setor turístico, com aquilo que representa em termos de população flutuante nas nossas ilhas”, considerou.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.