Violência doméstica

Um terço dos alegados agressores absolvidos em tribunal

Um terço dos alegados agressores absolvidos em tribunal

 

Lusa/AO online   Nacional   3 de Dez de 2010, 16:53

Um em cada três casos de violência doméstica levados a tribunal e estudados por uma equipa de especialistas (seis num total de 19) resultaram em absolvição dos alegados agressões.
Os dados foram divulgados hoje no Porto pela Associação Portuguesa de Mulheres Juristas (APMJ), no âmbito do projecto Rebeca, que se destina a incentivar “as boas práticas judiciais” no âmbito da violência doméstica.

O estudo, segundo a coordenadora Rita Braga da Cruz, indica que todos os casos analisados ocorreram antes da publicação da lei 112/2009, que veio dar natureza urgente ao tratamento policial e judicial deste tipo de casos.

As vítimas dos casos em análise eram mulheres entre 21 e 57 anos, só três não eram portuguesas, e todas têm filhos ou estavam grávidas (dois casos) à altura dos factos.

“Não obstante a violência doméstica ser transversal a todas as classes sociais”, todos os processos analisados respeitavam a mulheres acolhidas em casas abrigo e sem recursos económicos nem redes familiares de suporte à sua fuga, afirma o estudo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.