Fórum Europeu do Turismo

Turismo chega "finalmente" à agenda europeia

Turismo chega "finalmente" à agenda europeia

 

Lusa / AO online   Economia   26 de Out de 2007, 16:06

O ministro da Economia e Inovação, Manuel Pinho, assinalou esta sexta-feira que o Turismo está "finalmente a entrar na agenda europeia", embora tarde, depois de anos de fraca evolução.
Falando aos jornalistas à margem do VI Fórum Europeu de Turismo, que decorre em Ferragudo (concelho de Lagoa), Algarve, Manuel Pinho sublinhou que as receitas e o número de dormidas na Europa "estão a melhorar fortemente desde o ano passado e é necessário consolidar essa tendência".

Antes, em conferência de imprensa, Manuel Pinho tinha destacado que, em Portugal, as receitas até Agosto, relativamente ao mesmo período do ano passado, cresceram 12 por cento.

Por outro lado, acentuou, as taxas de ocupação ultrapassaram a média dos 80 por cento e o Turismo passou a representar 12,5 por cento das receitas totais das exportações e, a nível europeu, representa mais do que toda a indústria automóvel do Velho Continente.

Ainda no caso português, destacou o "bom diálogo" entre o Governo, as autarquias e os empresários do sector no sentido de promover o Turismo de qualidade.

"Não nos interessa nada massificar e sempre que isso foi feito no passado obtiveram-se lucros imediatos, mas prejuízos a longo prazo", reiterou.

Dedicado ao tema da sustentabilidade, que Manuel Pinho fez equivaler à qualidade, o encontro conta com dezenas de participantes dos 27 países da União Europeia.

No caso português, o ministro da Economia acentuou que o país é o que tem "um objectivo mais ambicioso" nas emissões de CO2 e, disse, em energias renováveis Portugal está em terceiro lugar no "ranking" europeu.

O Turismo será um tema forte do Conselho para a Competitividade a realizar no âmbito do Parlamento Europeu, presidido pelo próprio Manuel Pinho.

Durante a conferência de imprensa, o vice-presidente da Comissão Europeia, Gunter Verheugen, destacou a importância de a defesa do ambiente - nomeadamente o combate ao aquecimento global - andar "de mãos dadas" com o desenvolvimento sustentado do Turismo.

Antes da conferência, o ministro da Economia entregou uma parte das receitas de bilheteira do programa "Allgarve" a oito instituições de solidariedade social com obra na região, num total de 60.555 euros.

O Fórum Europeu do Turismo começou quinta-feira e decorre até domingo no recém inaugurado Pavilhão do Arade, em Ferragudo, concelho de Lagoa, Algarve.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.