Três museus da Madeira, Açores e Batalha disputam hoje Prémio Melhor Museu 2012

Três museus da Madeira, Açores e Batalha disputam hoje Prémio Melhor Museu 2012

 

Lusa/AO Online   Regional   14 de Dez de 2012, 06:00

O Museu da Baleia, na Madeira, o Museu da Comunidade Concelhia da Batalha, e a Casa-Museu Manuel de Arriaga, nos Açores, disputam esta sexta-feira o Prémio Melhor Museu Português 2012 promovido pela Associação Portuguesa de Museologia (APOM).

Os prémios da entidade, que distinguem anualmente a atividade na área da museologia nacional, vão ser anunciados a partir das 15:30, numa cerimónia que decorrerá no Museu da Farmácia, em Lisboa.

Pela primeira vez, três entidades chegaram a finalistas do galardão de Melhor Museu Português, indicou recentemente à agência Lusa o presidente da entidade, João Neto.

Fundada em 1965, a APOM atribui os galardões desde 1997, e os prémios referem-se ao ano anterior da atribuição.

No ano passado, o vencedor nesta categoria, uma das principais, foi o Museu do Papel, em Santa Maria da Feira.

O palmarés reúne mais de duas dezenas de categorias, para distinguir museus, projetos, profissionais e atividades desenvolvidas no setor.

João Neto revelou também à Lusa que este ano serão incluídas mais duas categorias: uma para premiar o apoio das embaixadas na realização de exposições ou projetos museológicos, e outra para premiar a melhor loja de um museu do país.

Para Personalidade do Ano na Área da Museologia 2012, a APOM já tinha anunciado a escolha da museóloga Madalena Braz Teixeira.

Os prémios são atribuídos pela APOM para "incentivar o espírito de preservação e divulgação do património dos museus", segundo a associação, distinguindo ainda, entre outros, a melhor intervenção e restauro, o melhor catálogo, mecenato e projeto museográfico.

Hoje, a partir das 10:00 da manhã, está prevista a realização de uma mesa-redonda com o tema "Os Profissionais de Museus. Desafios para o Presente e para o Futuro".

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.