Taxas euribor mantêm tendência de queda

Taxas euribor mantêm tendência de queda

 

Lusa/AO Online   Economia   22 de Dez de 2008, 10:39

 As taxas Euribor, praticadas pelos bancos nos empréstimos de dinheiro entre si, mantiveram hoje a tendência descendente em todos os prazos, com a taxa a três meses a cair para o mais baixo nível desde Junho de 2006.
   A taxa Euribor a três meses, uma das indexantes do crédito à habitação em Portugal, desceu 0,029 pontos percentuais para 3,053 por cento, o nível mais baixo desde o dia 27 de Junho de 2006, segundo a Federação Europeia dos Bancos, que publica este "fixing" diário.

    A taxa a seis meses, principal indexante do crédito hipotecário, caiu 0,033 pontos percentuais para 3,132 por cento.

    A taxa a 12 meses baixou 0,030 pontos percentuais para 3,227 por cento.

    As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de bancos está disposto a emprestar dinheiro no mercado interbancário.

    Com o aprofundamento da crise financeira, os bancos tinham deixado de se emprestar dinheiro mutuamente, "secando" o mercado e levando a um encarecimento dos custos do crédito.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.