Taxa de desemprego sobe para 8,5% em Outubro

Taxa de desemprego sobe para 8,5% em Outubro

 

Lusa / AO online   Economia   3 de Dez de 2007, 09:18

A taxa de desemprego em Portugal subiu para 8,5 por cento em Outubro, a terceira taxa mais elevada entre os 27 países da União Europeia, segundo as estimativas do Departamento de Estatísticas das Comunidades Europeias (Eurostat), divulgadas esta segunda-feira.
A taxa de desemprego aumentou em Outubro 0,2 pontos percentuais, face ao mês anterior, invertendo a tendência de estabilização verificada desde Julho quando se manteve nos 8,3 por cento.

Em relação ao mesmo período do ano passado, a taxa de desemprego em Portugal aumentou 0,7 pontos percentuais, uma das subidas mais acentuadas entre os países europeus.

Portugal é o terceiro país da União Europeia com a taxa de desemprego mais elevada, apenas atrás da Polónia (8,8 por cento) e da Eslováquia (11,2 por cento).

Na Zona Euro, a taxa de desemprego, corrigida das variações sazonais, estabilizou nos 7,2 por cento em Outubro, face aos 7,3 por cento verificados em Setembro.

Na União Europeia a 27, a taxa de desemprego manteve-se nos 7 por cento, face ao mês de Setembro, e menos 0,8 pontos percentuais, face ao mesmo período do ano passado.

As mais baixas taxas de desemprego em Outubro ocorreram na Dinamarca (2,9 por cento), Holanda (3,1 por cento) e Chipre (3,8 por cento).

Na zona euro, a taxa de desemprego das mulheres situou-se em Outubro em 8,2 por cento, contra 6,5 por cento para os homens, o mesmo acontecendo em menor escala na UE, com taxas de desemprego de 7,6 por cento para as mulheres e de 6,4 por cento para os homens.

A taxa de desemprego dos jovens com menos de 25 anos situou-se em Outubro em 14,3 por cento na zona euro e 14,7 por cento na UE.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.