SPRA inicia plenários para analisar "implicações brutais" do OE2012

SPRA  inicia  plenários para analisar "implicações brutais" do OE2012

 

Lusa/AO Online   Regional   8 de Nov de 2011, 11:59

 O Sindicato dos Professores da Região Açores (SPRA) inicia hoje uma série de plenários no arquipélago para sensibilizar os docentes para as "implicações brutais" na região da aplicação do memorando da 'troika' e da proposta do OE2012.

“Os plenários pretendem dar a conhecer aos professores as medidas de Orçamento do Estado para 2012 e as que decorrem do acordo com a 'troika' e a influência que têm na região", afirmou António Lucas, presidente do SPRA, em declarações à Lusa, frisando que "há uma série de decisões que vão ser aplicadas nos Açores”.

António Lucas salientou "o impacto brutal" que a aplicação do memorando da ajuda externa vai ter na região, desde "as reduções de pessoal às alterações nos regimes contributivos", acrescentando que o OE2012 também inclui medidas "brutais", como os cortes no ensino básico, secundário e superior.

"Com as reduções que o setor já tinha e as que estão previstas e anunciadas, como a perda de subsídios ou a redução de rendimentos, há uma tendência clara para nos empobrecer, baixar o valor do trabalho e aumentar o desemprego", frisou.

Nesse sentido, o presidente do SPZA salientou que "existem na região trabalhadores que vão ter perdas superiores a 25 por cento, nos seus rendimentos anuais".

António Lucas recordou que "a educação foi o setor que teve maiores cortes, com uma redução de 13 por cento na região no OE2011", acrescentando que os cortes previstos para 2012 e as medidas do memorando de entendimento para a ajuda externa ao país "agravam a situação".

Para analisar esta situação, o sindicato vai realizar um conjunto de plenários, que começam hoje na ilha de Santa Maria, prosseguindo depois nas restantes ilhas, excepto no Corvo, onde ainda não está decidido se haverá plenário.

Nestes plenários será também analisada a eventual adesão dos professores dos Açores à greve geral marcada para 24 de novembro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.