Liga dos Campeões

Sporting perde por 2-1 com AS Roma

Sporting perde por 2-1 com AS Roma

 

Lusa/AO   Futebol   23 de Out de 2007, 21:03

O Sporting, vice-campeão português de futebol, perdeu hoje por 2-1 com a AS Roma, em jogo da terceira jornada do grupo F da Liga dos Campeões, disputado no Estádio Olímpico de Roma, em Itália
O Sporting complicou hoje o apuramento para a segunda fase da Liga dos Campeões de futebol, depois de perder com a AS Roma, por 2-1, em jogo da terceira jornada do Grupo F.
No Estádio Olímpico de Roma, um golo do montenegrino Vucinic, aos 70 minutos, deu a vitória aos vice-campeões italianos, que se tinham adiantado no marcador aos 13, com um tento do brasileiro Juan, dois minutos antes de Liedson empatar.
Com esta derrota, o Sporting manteve o terceiro posto, mas agora a três pontos da AS Roma, que recebe na próxima ronda, e a seis do Manchester United, que somou o terceiro triunfo em três jogos.
A lesão de Polga durante o aquecimento obrigou o treinador do Sporting, Paulo Bento, a recuar Miguel Veloso para central e João Moutinho para o vértice mais recuado do losango do meio-campo.
A baliza leonina continuou entregue a Tiago, uma vez que Stojkovic não foi convocado, tendo à sua frente Abel, Tonel, Veloso e Abel.
No meio-campo, além de Moutinho, Paulo Bento apostou em Izmailov, Vukcevic e Romagnoli, no apoio aos avançados Liedson e Yannick Djaló.
Por seu turno, a AS Roma, com Antunes no banco, apresentou-se no habitual 4-2-3-1, com o homem mais avançado da equipa a ser Totti, apoiado por Giuly, Casseti - substituiu no "onze" o lesionado Perrota - e Mancini.
Apoiada por cerca de 30.000 "tiffosi", a AS Roma entrou melhor em campo e criou o primeiro lance de perigo aos 13 minutos, com Mexés a ganhar a bola a Tonel e a rematar forte, com a bola a raspar ainda na barra.
Com o aviso dado, o conjunto romano adiantar-se-ia no marcador dois minutos depois, pelo outro central, o brasileiro Juan, que surgiu solto na área e cabeceou para o fundo das redes, num lance em que o guarda-redes Tiago não ficou isento de culpas.
O Sporting reagiu da melhor maneira ao golo contrário e, três minutos depois, Liedson estreou-se a marcar na liga "milionária".
Após um bom cruzamento de Abel, o "31" de Alvalade saltou no meio dos dois centrais romanos e cabeceou ao ângulo da baliza de Doni.
Sem Polga, a defesa do Sporting mostrou-se bastante insegura e, aos 20 minutos, apanhou um susto, com um remate perigoso de Totti, que acabaria por sair lesionado poucos minutos depois, dando lugar a Vucinic, que acabaria por decidir o encontro.
A segunda parte começou com um lance polémico, com o norueguês Terje Hauge a assinalar uma grande penalidade muito duvidosa sobre Vucinic.
Contudo, Tiago acabaria por limpar a má imagem deixada no primeiro golo, ao defender para o poste o "penalty" apontado pelo brasileiro Mancini.
Apesar de ter equilibrado o encontro a meio-campo, o Sporting raramente criou lances de perigo, excepção feita a um remate de longe de Romagnoli, aos 60 minutos, que obrigou Doni a uma defesa apertada.
Depois de, aos 65 minutos, a bola ter andado a rondar a baliza dos "leões", sem que nenhum jogador romano conseguisse desviá-la, Vucinic acabaria por resolver o encontro, cinco minutos depois.
Num excelente lance individual, em que contou com alguma apatia da defesa leonina, o avançado montenegrino passou por Abel e Tonel, e, com pouco ângulo, rematou forte sem hipótese para Tiago.
Apesar de Paulo Bento ter arriscado, com as entradas de Purovic e Celsinho para os lugares de Ronny e Vukcevic, respectivamente, o Sporting foi incapaz de alcançar um resultado positivo no Olímpico de Roma.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.