Açoriano Oriental
Sporting de Braga constrói goleada em 22 minutos em Tondela

O Sporting de Braga conquistou este sábado os primeiros pontos na I Liga portuguesa de futebol, com uma goleada (4-0) em Tondela construída em 22 minutos, durante a primeira parte.


Autor: AO Online/ Lusa

Os bracarenses, que tinham perdido os dois primeiros jogos, inauguraram o marcador aos 22, minutos, pelo defesa central Bruno Viana, e, em seis minutos, sentenciaram o encontro, com tentos do também brasileiro Galeno, aos 26, e Ricardo Horta, aos 29.

Galeno repetiria o feito, ainda no primeiro tempo, aos 43, fixando o resultado final, que ditou o terceiro jogo sem vencer para o Tondela, 17.º e penúltimo classificado, com um ponto.

A formação comandada por Carlos Carvalhal confirmou a superioridade na primeira parte, frente ao conjunto tondelense, que fez o primeiro remate à baliza de Matheus aos 36 minutos, pelo pé de Tomislav Strkalj, já os visitantes venciam por 3-0.

O avançado Paulinho teve oportunidade para ampliar a vantagem, pouco depois disso, aos 39, mas rematou por cima, enquanto o Tondela tentava visar a baliza bracarense, mas Salvador Agra atirou para as mãos de Matheus e, na recarga, Bebeto não acertou na baliza.

Aos 42 minutos, Babacar Niasse defendeu para canto uma investida de Paulinho e, na sequência deste lance, cobrado por Iuri Medeiros, Galeno ‘bisou’, com um remate de cabeça.

Na segunda parte, o Tondela ‘cresceu’ e conseguiu chegar à grande área do Sporting de Braga mais vezes criando alguns momentos de perigo (58, 68, 70 e 74 minutos) com remates de Ricardo Alves, Khacef, Soleymane Anne e novamente Khacef, respetivamente.

A controlar a vantagem, o Sporting de Braga recuou no terreno, mas conseguiu acercar-se da baliza anfitriã, nomeadamente por Paulinho (56), Castro (63) e Moura (75), que quase marcava no primeiro lance que protagonizou.

O Sporting de Braga lutou para fazer uma ‘mão cheia’ de golos, com André Horta (85) a rematar por cima da baliza e dois cabeceamentos seguidos de Carmo(87 e 88).

A última oportunidade para o Tondela reduzir, surgiu no tempo de compensação, quando o guarda-redes Matheus derrubou Soleymane Anne na grande área.

Na conversão da grande penalidade, Salvador Agra permitiu a defesa do guardião brasileiro, que também negou o tento ao ex-jogador dos bracarenses na recarga.



 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.