OE2011

Sócrates diz que PSD quer crise política

Sócrates diz que PSD quer crise política

 

Lusa/AO online   Nacional   2 de Nov de 2010, 09:46

O primeiro-ministro, José Sócrates, acusou esta terça-feira o PSD de querer abrir uma crise política para ir para o Governo, motivado pelas sondagens, e afirmou que confia no julgamento dos portugueses.
Durante o debate do Orçamento do Estado para 2011 na generalidade, no Parlamento, o primeiro-ministro defendeu que Portugal precisa de estabilidade para obter resultados.

José Sócrates manifestou-se confiante que "no final de 2011 Portugal esteja já protegido desta turbulência internacional", fora dos "países mais expostos na Europa em termos de défice e de dívida".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.