Educação

Sindicatos esperam 50 mil professores sábado

Sindicatos esperam 50 mil professores sábado

 

Lusa/AOonline   Nacional   3 de Nov de 2008, 16:59

A Plataforma Sindical de Professores espera pelo menos 50 mil docentes na manifestação de sábado em Lisboa, mas admite rever em alta esta previsão nos próximos dias, estando por isso a equacionar uma alteração do local do protesto.
Em declarações à agência Lusa, o porta-voz da Plataforma, Mário Nogueira, adiantou que as estimativas dos sindicatos apontam, "nesta altura, para a presença de mais de 50 mil" docentes, mas que só haverá uma previsão final depois de serem entregues pelos delegados sindicais as listas de inscrição dos professores.

    "Admito que esse número possa subir, podendo a manifestação vir a ter uma dimensão semelhante ou próxima à realizada a 08 de Março", afirmou Mário Nogueira, relembrando os cerca de 100 mil professores que naquela data desfilaram entre o Marquês de Pombal e a Praça do Comércio, em Lisboa.

    Por este motivo, os sindicatos estão a equacionar a mudança dos locais do protesto de sábado, inicialmente marcados para o Alto do Parque Eduardo VII, com desfile para o Ministério da Educação, na Avenida 05 de Outubro.

    A hipótese agora é a realização do plenário na Alameda da Cidade Universitária, seguindo os professores depois em manifestação até aos Restauradores.

    Esta manifestação foi convocada para contestar as políticas educativas da ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, e, em concreto, o processo de avaliação de desempenho, o novo regime de gestão das escolas, o concurso de colocação de professores e o Estatuto da Carreira Docente, entre outras matérias.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.