Açoriano Oriental
Red Bull Cliff Diving
Silchenko vence etapa na Dinamarca (vídeo)
O saltador russo manteve a 'bitola' do primeiro dia e não deu hipóteses à concorrência. Silchenko chega aos Açores com a liderança do campeonato reforçada.
Carregando o video...

Foto: Red Bull/Content Pool
Autor: Nuno Martins Neves

Depois de ter sido o mais pontuado na ronda inaugural, o atleta russo Artem Silchenko voltou a ser o melhor saltador do segundo dia da etapa nórdica do Red Bull Cliff Diving World Series. O russo deslumbrou os milhares de pessoas que assistiram aos saltos a partir da casa da ópera de Copenhaga e deixou para trás o britânico Gary Hunt, tricampeão em título, e o colombiano Orlando Duque.

Mais de 25 mil pessoas estiveram presentes na prova e observaram o magnífico salto do atleta de 29 anos que deixou o júri maravilhado, tanto que pontuaram o salto de dificuldade 6.1 com a pontuação máxima.

Esta foi a segunda vitória consecutiva de Silchenko no World Series, depois de ter vencido na etapa inaugural, em La Rochelle (França). A próxima paragem do Red Bull Cliff Diving é nos Açores, um local bastante apreciado pelo russo, ou não tivesse sido no ilhéu de Vila Franca do Campo que Artem Silchenko obteve a sua primeira vitória de sempre.

A prova em São Miguel está marcada para 28 e 29 de junho.

Classificação da 2ª etapa

1. Artem Silchenko (RUS) - 522.40pts
2. Gary Hunt (ING) - 506.80
3. Orlando Duque (COL) - 464.40
4. Jonathan Paredes (MEX) - 462.50
5. David Colturi (EUA) - 410.10
6. Michal Navratil (CHE) - 403.15
7. Kris Kolanus (POL) - 402.10 (Wildcard)
8. Blake Aldridge (ING) - 388.05
9. Mat Cowen (ING) - 273.30
10. Sasha Kutsenko (UCR) - 269.75 (Wildcard)
11. Anatoliy Shabotenko (UCR) - 251.90
12. Steven LoBue (EUA) - 232.40
13. Cyrille Oumedjkane (FRA) - 203.00 (Wildcard)
14. Christian Wurst (ALE) - 126.00 (Wildcard - retirou-se depois da Ronda 2)  

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.