Sentença do caso Noite Branca no Porto conhecida hoje


 

Lusa/AO On line   Nacional   11 de Nov de 2009, 05:06

O julgamento do processo “Noite Branca” relativo ao tráfico de droga chega hoje ao fim com a leitura do acórdão agendada para as 14:00, na quarta vara do Tribunal de São João Novo, Porto.

Em causa estão três quilos de cocaína e heroína descobertos num carrinho de compras guardado numa área comum de um prédio da Rua dos Mercadores, Porto.

A droga foi apreendida durante a operação "Noite Branca", realizada pela PJ em 16 de Dezembro de 2007 com o objectivo central de encontrar provas que associassem alguns dos locatários aos homicídios que marcaram a noite do Porto naquele ano.

Neste julgamento Paulo Camacho, Paulo Aleixo, Fernando Martins ‘Beckham’ e Mauro Santos, estão acusados de tráfico de droga agravado.

‘Beckham’ e Mauro são também arguidos no processo da ‘Noite Branca’ relativo ao homicídio do segurança cabo-verdiano Ilídio Correia em Novembro de 2007.

Nas alegações finais de 26 de Outubro, o Ministério Público pediu a pena de prisão para o madeirense Paulo Camacho e a absolvição de Paulo Aleixo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.