Segurança Social cede espaço para novas instalações do Centro de Terapia Familiar

Segurança Social cede espaço para novas instalações do Centro de Terapia Familiar

 

Paula Gouveia   Regional   14 de Dez de 2013, 11:40

A Secretária Regional da Solidariedade Social anunciou que a nova sede do Centro de Terapia Familiar e Intervenção Sistémica, em Ponta Delgada, ficará instalada num espaço cedido pela Segurança Social dos Açores e visa proporcionar melhores condições ao desenvolvimento das suas atividades.

O protocolo de cedência foi formalizado sexta-feira numa cerimónia presidida por Piedade Lalanda, passando a instituição a contar com uma nova sede num prédio urbano, com cinco divisões no rés-do-chão e seis no primeiro andar, além de garagem e quintal, numa área total de 435 m2.

Piedade Lalanda salientou que esta cedência, além de ser “uma prova de confiança”, insere-se “numa lógica de que os equipamentos disponíveis da Segurança Social devem estar ao serviço das causas e das pessoas”.

Nesse sentido, considerou que esta cedência é uma forma de “reaproveitar e rentabilizar os espaços que se encontram devolutos e que não faz sentido estarem de portas fechadas, mas sim ao serviço das pessoas”.

A Secretária Regional frisou que o Centro de Terapia Familiar e Intervenção Sistémica é “um parceiro importadíssimo”, porque intervém junto das famílias, numa estratégia técnica que é sistémica.

 

“É a estratégia adequada de intervenção na família, porque envolve, desde logo, todos os elementos da família e envolve várias dimensões dos problemas vividos na família”, afirmou, salientando que a “abordagem multidisciplinar é a mais ajustada e adequada” ao nível das questões sociais.

No âmbito desta parceria, Piedade Lalanda lembrou o programa Conecta, que visa ajudar as famílias com adolescentes em conflito, e o Programa Psico-Educacional para Agressores Conjugais – Contigo.

A Secretária Regional afirmou que o Governo dos Açores conta com a colaboração do Centro de Terapia Familiar e Intervenção Sistémica para a avaliação de valências atípicas, no âmbito do novo modelo de financiamento às Instituições Particulares de Solidariedade Social e Misericórdias.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.