Seguradora monta plano de ação para apoiar eventuais danos do furacão


 

Lusa/AO Online   Regional   1 de Out de 2019, 16:37

A seguradora Fidelidade montou “um plano de ação” para minimizar junto da população dos Açores eventuais danos provocados pelo furacão “Lorenzo”, anunciou a empresa.

"Para ajudar a minimizar, preventivamente, o impacto potencial que a previsão de chuva forte e vento ciclónico com a passagem do furacão ‘Lorenzo’ pela Região Autónoma dos Açores, a Fidelidade montou um plano de ação que tentará ajudar a população daquela região autónoma a estar melhor preparada para os impactos do furacão e a voltar rapidamente à vida normal", lê-se num comunicado enviado à agência Lusa pela seguradora.

Assim, e de acordo com a empresa, "para agilizar o processo de peritagem e antevendo dificuldades nas ligações aéreas para o arquipélago", a Fidelidade deslocou para a região "uma equipa de peritos que está de prevenção no local".

"A ideia é conseguir acelerar assim o processo de reparação e substituição das estruturas que possam ser atingidas, para que a vida das pessoas afetadas volte o mais rapidamente possível à normalidade”, sublinha a seguradora.

Os primeiros efeitos do furacão “Lorenzo”, atualmente na categoria 2, deverão começar a fazer-se sentir a partir da noite de hoje nos grupos Ocidental (Flores e Corvo) e Central (Terceira, São Jorge, Pico, Graciosa e Faial) dos Açores, com vento forte, agitação marítima e chuva.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.