Açoriano Oriental
SATA reforça operação no Natal e passagem de ano

O Grupo SATA vai reforçar a sua operação no Natal e Passagem de Ano, com a realização de frequências adicionais e com o aumento de capacidade, nas ligações entre os Açores e o Continente; Açores e a Madeira e inter-ilhas.

article.title

Foto: Eduardo Resendes/Arquivo AO
Autor: Susete Rodrigues/AO Online

Desta forma, entre 20 de dezembro de 2019 e 5 de janeiro de 2020, a Azores Airlines irá reforçar a sua operação com a realização de 17 voos extraordinários e troca de equipamento em cerca de uma dezena de voos, representado um acréscimo de, pelo menos, 3.825 lugares, adianta comunicado da empresa.


Destaca-se a realização de oito voos extraordinários nas ligações entre Lisboa e as ilhas do Pico e Faial, correspondendo a mais 1.320 lugares: rotações a 20 de dezembro e 5 de janeiro, no caso da rota Lisboa – Pico – Lisboa, e rotações a 21 de dezembro e 4 de janeiro, no caso da rota Lisboa – Horta – Lisboa.


Por seu turno, a SATA Air Açores, no período entre 20 de dezembro a 5 de janeiro, disponibiliza mais 18 ligações inter-ilhas e aumenta a capacidade - por troca de equipamento - em outras 12 ligações, o que corresponde a um acréscimo de 1.572 lugares.


De igual modo, a operação entre os Açores e a Madeira é reforçada com a realização de voos adicionais, a 29 de dezembro, 1 e 2 de janeiro, para além de aumentos de capacidade, por troca de equipamento, a 21, 28 e 30 de dezembro e 3 e 4 de janeiro. No total serão disponibilizados mais 1.402 lugares entre o Funchal e Ponta Delgada.


Diz ainda o comunicado que, para os dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro, a transportadora procurara reajustar a sua programação, por forma a melhor adequar a hora de chegada ao destino, para maior conforto dos seus clientes.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.