Justiça

Roman Polanski em prisão domiciliária

Roman Polanski em  prisão domiciliária

 

Lusa / AO online   Internacional   4 de Dez de 2009, 15:00

O realizador Roman Polanski foi esta sexta-feira transferido da prisão de Winterthour para a sua casa em Gstaad, numa estância de esqui na Suíça, anunciou hoje o Ministério da Justiça suíço.
O realizador, que foi detido há dois meses no país, no âmbito de um caso de abuso de menores nos Estados Unidos que data de 1977, afirmou hoje que irá cumprir a prisão domiciliária decretada pela justiça suíça e que "em nenhum momento" irá sair da sua casa.

O tribunal penal federal da Suíça ordenou em finais de Novembro a libertação sob caução de Polanski, desde que fique detido em casa enquanto aguarda um eventual extradição para os Estados Unidos.

As autoridades suíças revelaram que Polanski ficará com uma pulseira electrónica e se houver uma tentativa de fuga terá que pagar uma fiança de três milhões de euros.

Roman Polanski poderá apenas movimentar-se na sua propriedade localizada numa luxuosa estância de Inverno em Gstaad, com uma área de 1.800 metros quadrados.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.