Ricardo Carvalho pára três ou quatro semanas, Deco duas

Ricardo Carvalho pára três ou quatro semanas, Deco duas

 

LUSA/AO   Futebol   22 de Set de 2008, 21:13

Ricardo Carvalho deverá ficar sem competir de três a quatro semanas e Deco aproximadamente duas, segundo o departamento médico do Chelsea
Ricardo Carvalho deverá ficar sem competir de três a quatro semanas e Deco aproximadamente duas, segundo o departamento médico do Chelsea, que avaliou o estado dos dois internacionais portugueses, lesionados domingo em jogo da primeira liga inglesa de futebol.
O jogo contra o Manchester United deixou marcas entre os pupilos de Luiz Felipe Scolari, sendo a situação mais grave a de Ricardo Carvalho, que saiu aos 11 minutos de jogo. 
Segundo a equipa médica do Chelsea, a avaliação ao central luso revelou uma lesão nos ligamentos do joelho direito e pára nas próximas três a quatro semanas, o que implica perder não só os próximos compromissos da Primeira Liga, Liga dos Campeões e Taça da Liga bem como os jogos da selecção nacional portuguesa, dia 11 de Outubro na Suécia e dia 15 em Braga contra a Albânia.
Menos gravosa é a situação de Deco, que se lesionou no aquecimento de domingo: tem uma lesão na parte superior da coxa direita e precisa de parar por duas semanas. Ainda assim, é uma baixa imporante para os compromissos com Portsmouth (Taça da Liga), Stoke City e Aston Villa (Primeira Liga) e Cluj (Liga dos Campeões), devendo já estar apto para fazer parte dos convocados de Carlos Queiroz contra Suécia e Albânia.
O jogo entre o Chelsea e o Manchester United deixou também marcas de lado da equipa de Alex Ferguson, mas de natureza financeira e disciplinar.
O clube foi multado em 25 mil libras (mais de 30 mil euros), como castigo pelos sete cartões amarelos, mostrados a Paul Scholes, Rio Ferdinand, Gary Neville, Dimitar Berbatov, Wayne Rooney, Patrice Evra e Cristiano Ronaldo. A FA já anunciou que não vai avançar com nenhum castigo suplementar.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.