Revista de Imprensa Nacional


 

Lusa / AO Online   Nacional   25 de Out de 2009, 08:16

Os jovens "drogam-se menos e bebem mais", destaca hoje a manchete do Jornal de Notícias, que cita dados do Instituto da Droga e da Toxicodependência (IDT) que indicam um aumento das apreensões de cannabis.

Segundo o jornal, até Setembro deste ano foi apreendida uma quantidade de cannabis "cinco vezes superior" ao total apreendido no ano passado.

O presidente do IDT, João Goulão, refere em entrevista ao jornal que há uma "diminuição do consumo, em Portugal, de todas as substâncias ilícitas, sobretudo entre os jovens", mas que "infelizmente, há algum desvio dos jovens para o consumo do álcool".

No Diário de Notícias, a manchete prende-se com o aumento de pessoas com subsídio de desemprego este ano - "mais 93 mil" do que no ano passado. No entanto, das mais de 510 mil pessoas inscritas em centros de desemprego, "32 por cento não têm qualquer tipo de ajuda", um número que o jornal afirma ter descido em relação a 2008, quando 36 por cento não recebiam qualquer prestação.

O DN chama ainda para capa uma entrevista com o escritor José Saramago, em plena polémica com a Igreja por causa do seu último livro, "Caim". "Bento XVI parece-me um hipócrita" é a frase de Saramago que o jornal puxa para título.

A situação económica faz também a capa do Correio da Manhã, cuja manchete indica que 1431 famílias, a maioria afectada pelo desemprego, pediram ajuda ao Estado para pagar as prestações do crédito à habitação, uma medida de apoio social que estará em vigor até ao final do ano.

A capa do jornal destaca ainda que o árbitro Vasco Santos, apontado pelo processo "Apito Dourado" como "protegido pelos poderes do futebol", vai arbitrar o jogo Benfica-Nacional na segunda-feira, no Estádio da Luz.

No Público, o título aponta para uma "guerra" entre autoridades portuguesas e alemãs por causa da compra de submarinos.

O jornal refere que o consórcio alemão MAN Ferrostaal quer constituir um tribunal arbitral para resolver as divergências com a Comissão Permanente de contrapartidas e teme que o Governo queira "um novo contrato", que recusa, enquanto o Ministério Público constituiu como arguida uma alemã "há alguns meses", acusada de burla no processo de compra dos submarinos.

Na capa do 24 horas, referem-se os números anuais de chamadas fraudulentas para o número de emergência 112 - "5 milhões" - e indica-se que o Ministério Público vai investigar as "promessas eleitorais impossíveis" e as promessas "obscenas" registadas nas queixas endereçadas à Comissão Nacional de Eleições, como a de uma candidatura que prometeu uma baixa no preço da água.

Nos desportivos, a Bola e o Record concentram-se nas expectativas do Benfica de atingir o primeiro lugar do campeonato se vencer o Nacional na segunda-feira.

"Ninguém nos poderá parar", diz a Bola, com uma fotografia do presidente encarnado, Luís Filipe Vieira, enquanto o Record refere que "Águia ganha Asas".

No Jogo, o Benfica também está em destaque, mas através de uma entrevista de Cardozo, o marcador de 12 dos 42 golos apontados pelo Benfica esta época.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.