Revista da imprensa de Lisboa


 

Lusa/AO Online   Nacional   5 de Dez de 2010, 07:36

A greve dos controladores aéreos espanhóis, os “bónus” do Governo aos “boys” e a possibilidade de um novo inquérito à morte de Sá Carneiro e Amaro da Costa fazem hoje manchete na imprensa portuguesa.

“Greve de 22 horas em Espanha faz TAP perder um milhão” titula o Diário de Notícias, acrescentando que os controladores espanhóis cederam após o Governo decretar, pela primeira vez em 35 anos de democracia, o estado de alarme.

Já o Correio da Manhã opta por fazer manchete com o título “Governo dá bónus a boys”.

Segundo o matutino, uma nova exceção aos cortes permite a altos quadros acumular pensões e salário: a proibição de manter ordenados e reformas só conta para o futuro e uma alteração à lei dá benesse a gestores de empresas e dirigentes que estão em funções.

“PS abre a porta a novo inquérito à morte de Sá Carneiro e Amaro da Costa em Camarate” é o título do Público.

Este jornal refere que o PSD e o CDS-PP querem consenso para lançar uma nova comissão de inquérito na Assembleia da República à morte de Sá Carneiro.

A notícia surge um dia depois do trigésimo aniversário de Camarate que desde 1980 já foi investigado por oito comissões de inquérito. A última comissão data de 2004 e concluiu que a queda do avião que transportava o primeiro-ministro e Amaro da Costa foi vítima de atentado.

Quanto ao Jornal de Notícias escolhe para manchete: “Polícias fazem serviço ilegal de guarda-costas”, acrescentando que os agentes recorrem cada vez mais a este trabalho pago no período de descanso.

Apesar de criticarem esta opção dos agentes, os sindicatos consideram-na “natural” face aos baixos salários que os polícias recebem.

A greve dos controladores aéreos em Espanha também merece honras de primeira página neste matutino do Porto que refere que os “Céus de Espanha infernizam Portugal” e acrescentam que a greve no país vizinho afetou milhares de passageiros nos aeroportos portugueses.

A greve dos controladores espanhóis, a situação nas favelas no Rio de Janeiro, o Dia Internacional do Voluntariado e o Natal são também temas de primeira página no Público.

O Correio da Manhã chama ainda à primeira página a greve dos controladores aéreos em Espanha, o aumento em cinco por cento dos táxis em Lisboa e no Porto e dois acidentes ocorridos no Barreiro e em Cinfães que fizeram duas vítimas mortais.

Por seu turno, o Diário de Notícias leva ainda à primeira página as declarações do ministro do Ensino Superior, Ciência e Tecnologia, Mariano Gago, que afirma que o “PS tem tido uma política mais consistente de defesa do desenvolvimento científico do que o PSD”.

Já os jornais desportivos optam por chamar à primeira página o jogo de hoje entre o Sporting e o Portimonense, a realizar no Estádio do Algarve.

“Leão não Chora” é o título do Record a este respeito enquanto A Bola titula: “Paulo Sérgio diz que não é choramingas – Não estou desesperado por reforços”.

Este desportivo destaca ainda a vinda de Jucilei para o Benfica, garantindo que veio para a Luz com a aprovação de Scolari.

Por seu turno, O Jogo faz manchete com o facto de Villas-Boas se ter insurgido contra a avaliação satisfatória do observador ao árbitro do clássico com o Sporting e titula: “Nota de Jorge Sousa é ridícula”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.