Açoriano Oriental
Recusa de lista às eleições na Santa Casa da Maia gera discórdia

Lista liderada por Patrícia Pereira foi excluída por dois candidatos exercerem “funções conflituantes” com a Santa Casa da Maia. Patrícia Pereira discorda da decisão, tendo já exposto a situação ao Bispo de Angra. Provedor diz-se dececionado com a situação

article.title

Foto: Direitos Reservados
Autor: Ana Carvalho Melo

A não-admissão de uma das listas candidatas aos órgãos sociais da Santa Casa da Misericórdia do Divino Espírito Santo da Maia (SCMDESM) está a gerar discórdia, tendo a situação já sido exposta ao bispo de Angra.

Para o ato eleitoral, que se vai realizar na próxima segunda-feira, foram apresentadas duas listas, uma das quais integra atuais dirigentes ainda que renovada, e outra liderada por Patrícia Pereira, que integra pessoas da freguesia.


Ler mais na edição desta sexta-feira, 13 dezembro 2019, do jornal Açoriano Oriental


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.