Açoriano Oriental
Covid-19
Reclamações relativas a moratórias foram 10% do total entre março e agosto

O Banco de Portugal recebeu 1.022 reclamações sobre as moratórias de crédito entre março e agosto, correspondente a 10% do total de reclamações recebidas nesse período, segundo a Sinopse de Atividades de Supervisão Comportamental divulgada esta quinta-feira.

Reclamações relativas a moratórias foram 10% do total entre março e agosto

Autor: Lusa/AO Online

Segundo o regulador e supervisor bancário, quase metade das reclamações aconteceu em abril e maio, logo após a entrada em vigor das moratórias de crédito. Já nos meses seguintes, houve um "decréscimo gradual das reclamações recebidas sobre as moratórias de crédito", informou ainda.

Das reclamações feitas, 45,8% são referentes à moratória pública para crédito à habitação, 36,4% sobre a moratória privada para crédito aos consumidores e 14% sobre a moratória pública para crédito a empresas.

As reclamações não significam que os clientes tenham razão na matéria reclamada, sendo que essa informação só constará no relatório anual do Banco de Portugal sobre supervisão comportamental.

Ainda entre março e agosto, o Banco de Portugal recebeu 312 pedidos de informação de clientes bancários sobre moratórias de crédito (42% sobre crédito à habitação), o equivalente a 14,8% de todos os pedidos de informação recebidos nesse período.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.