Futebol

Queiroz assume responsabilidade da goleada frente ao Brasil

Queiroz assume responsabilidade da goleada frente ao Brasil

 

Lusa/AOonline   Futebol   20 de Nov de 2008, 10:15

O seleccionador português de futebol, Carlos Queiroz, assumiu a responsabilidade da goleada sofrida frente ao Brasil (6-2), mas retirou alguns pontos positivos na exibição de Portugal no encontro particular realizado em Gama, nos arredores de Brasília.
“Estamos todos frustrados, eu e os jogadores. Assumo a responsabilidade desta derrota pesada, não quero que ela caia nos jogadores”, referiu Carlos Queiroz, em declarações à TVI.

    Contudo, apesar da goleada, o seleccionador português conseguiu retirar alguns pontos positivos nos primeiros momentos da exibição da "equipa das quinas".

    “Julgo que, apesar de tudo, a equipa mostrou, no princípio, personalidade, mostrou que também sabe trocar a bola, que pode marcar golos. Agora temos de tirar as conclusões que são necessárias, para estarmos bem contra a Suécia”, referiu.

    Carlos Queiroz disse ainda que a equipa se “deslumbrou” após ter ficado em vantagem logo aos quatro minutos e acabou por consentir golos fáceis “com alguma ingenuidade”.

    “Penso que nos deslumbrámos, as coisas pareciam fáceis, a equipa desagregou-se. Os golos que sofremos são golos que não podem acontecer, alguns deles até patéticos, pela falta de concentração. Depois do golo, a equipa perdeu o seu sentido de responsabilidade colectiva”, considerou.

    O seleccionador português afirmou que “a equipa tentou o melhor, mas de repente as coisas complicaram-se pelos golos que foram fáceis de mais para o Brasil e isso tirou alguma confiança, motivação e até alguma auto-estima”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.