PSD/A vota contra proposta de Plano e Orçamento

PSD/A vota contra proposta de Plano e Orçamento

 

Lusa / AO online   Regional   15 de Nov de 2007, 16:25

O líder do PSD/Açores anunciou que a bancada social-democrata na Assembleia Legislativa dos Açores vai votar contra as propostas do Governo Regional socialista de Plano e Orçamento para 2008.
Em conferência de imprensa, na cidade da Horta, Costa Neves adiantou que o grupo parlamentar do PSD apresentará propostas de alteração, mas garantiu que não vai ficar à espera da votação, para definir o seu sentido de voto.

Segundo explicou, se a “lógica” do Plano e Orçamento se mantiver como está, os social-democratas vão “votar contra”, mesmo que as suas propostas de alteração sejam aprovadas, como o líder do PSD/Açores espera que aconteça.

Costa Neves adiantou que o seu partido só poderia dar o seu voto favorável ao Plano e Orçamento para 2008, se, “por absurdo”, o executivo socialista alterasse “toda a lógica” daqueles documentos.

Os social-democratas contestam o crescente investimento verificado nos últimos planos e orçamentos no sector das estradas, em contraponto com a redução das verbas de apoio à coesão social e à igualdade de oportunidades e à estagnação no financiamento na sociedade do conhecimento.

Mas ainda assim, a bancada do PSD no Parlamento açoriano propõe alterações na área dos transportes, da saúde e no sector social, defendendo, por exemplo, tarifas aéreas mais baixas, mais médicos de família nos Açores e mais acções de combate e prevenção contra as drogas e o álcool.

Apesar de achar que este “é um Orçamento perdido”, Costa Neves entende que o PSD ainda poderá ajudar a “reduzir danos”.

O líder do PSD/Açores criticou, também, as recentes declarações do presidente do Governo Regional, Carlos César, quando se disponibilizou para negociar com os partidos da oposição eventuais alterações ao Plano e Orçamento para 2008.

Costa Neves considera que esta atitude revela a “arrogância” da maioria socialista, que, apesar de se mostrar aberta ao diálogo com a oposição, tem votado sempre contra as propostas do PSD.

Além disso, o líder dos social-democratas entende que esta declaração de César não faz sentido, na medida em que o Plano e Orçamento vão ser discutidos no Parlamento e não no âmbito do Governo.

As propostas de Plano e Orçamento para 2008 serão discutidas na Assembleia Regional a partir de 27 de Novembro.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.