Política

PSD/A escolhe novo líder a 16 de Dezembro


 

Lusa/AO online   Regional   1 de Nov de 2008, 22:30

Os militantes do PSD/Açores vão escolher um novo líder a 16 de Dezembro, através de eleições directas, na sequência da demissão de Carlos Costa Neves, anunciou o partido.
O dirigente social-democrata Manuel Arruda, que falava após o Conselho Regional do PSD/Açores, adiantou que os conselheiros decidiram, também, agendar o Congresso Regional para 16, 17 e 18 de Janeiro de 2009, na cidade de Ponta Delgada.
Segundo o presidente da mesa do Congresso, o PSD/Açores volta a realizar um congresso de três dias, uma vez que a última reunião-magna demonstrou ser “extraordinariamente difícil gerir as intervenções” dos militantes.
Manuel Arruda adiantou, ainda, que o Conselho Regional analisou hoje os resultados das eleições regionais de Outubro e concluiu que o PSD/Açores “ficou aquém das expectativas”.
“Existem condições para que, no futuro, o PSD possa inverter o ciclo de governação do PS na região”, afirmou o dirigente social-democrata, para quem a mensagem do partido “não passou para o eleitorado” nas últimas eleições.
O Conselho Regional de hoje realizou-se na sequência da demissão do líder do PSD/Açores, Costa Neves, depois da derrota do partido nas eleições para o Parlamento açoriano, que decorreram a 19 de Outubro.
Numas legislativas regionais que deram nova maioria absoluta ao PS/Açores, os sociais-democratas obtiveram 30,27 por cento dos votos e elegeram 18 deputados, contra os 30 mandatos dos socialistas.
A presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Berta Cabral, já anunciou a sua candidatura às eleições internas, alegando a necessidade de promover a unidade interna e obter o apoio da sociedade açoriana para um novo projecto de governo em 2012. 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.