Política

PS defende gestão "criteriosa" dos recursos

PS defende gestão "criteriosa" dos recursos

 

Lusa/AO online   Regional   16 de Set de 2011, 17:29

O líder parlamentar do PS/Açores, Berto Messias, defendeu a necessidade de “todas as entidades públicas e privadas” da Região efectuarem uma “gestão criteriosa” dos recursos disponíveis, fazendo apenas o que "podem pagar".
Berto Messias, que falava aos jornalistas no Corvo, no final das Jornadas Parlamentares do PS/Açores, frisou que, num período de crise nacional e internacional, "todas as entidades públicas e privadas, incluindo as autarquias", devem seguir uma gestão criteriosa dos recursos.

Nesse sentido, defendem que, havendo “menos investimento público e privado, só se deve fazer aquilo que, efectivamente, se pode pagar”.

Nestas jornadas parlamentares, os deputados regionais socialistas analisaram o Plano Estratégico para a Coesão dos Açores (PECA), recentemente anunciado pelo Governo Regional, que privilegia os investimentos nas ilhas mais pequenas (Santa Maria, Graciosa, S. Jorge, Flores e Corvo).

Para Berto Messias, depois do “grande esforço” feito em matéria de infra-estruturas nas ilhas de menor dimensão, agora é importante “rentabilizar” as infra-estruturas que já existem.

Durante os três dias, que começaram nas Flores e terminaram no Corvo, os 30 deputados do PS/Açores também debateram questões relacionadas com o início do novo ano lectivo, que ocorre na segunda-feira.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.