PS de São Miguel diz que visita do Governo permitiu prestar contas sobre investimentos

PS de São Miguel diz que visita do Governo permitiu prestar contas sobre investimentos

 

Lusa/AO Online   Regional   21 de Nov de 2018, 15:23

O PS destacou esta quarta-feira "o alcance" da iniciativa do Governo açoriano ao realizar uma visita de trabalho a São Miguel, permitindo "a prestação de contas sobre a ação governativa", criticando "o exercício político que se restringe a falar mal de tudo".

"O PS de São Miguel realça a importância, o significado e o alcance da iniciativa do Governo dos Açores, uma vez que esta constituiu uma excelente oportunidade para, em conjunto com diversas entidades, agentes sociais e população em geral, acompanhar no terreno o trabalho que está a ser desenvolvido, promovendo igualmente o reforço do esclarecimento público e a prestação de contas sobre a ação governativa na maior e mais populosa ilha da nossa região", sustentou Marta Couto, membro do secretariado de ilha de São Miguel dos socialistas.

O Governo dos Açores, liderado pelo socialista Vasco Cordeiro, realizou na passada semana uma visita de trabalho de três dias à ilha de São Miguel.

Em conferência de imprensa, o PS de São Miguel sublinhou que durante a visita de trabalho do executivo regional "foi possível verificar um conjunto muito apreciável de investimentos e de obras que estão a ser realizadas nas diversas áreas da governação, com particular destaque nos domínios da educação, saúde, habitação, das acessibilidades, do setor primário, da solidariedade e do apoio social".

Elencando vários domínios, o PS de São Miguel refere que com a visita "foi possível conhecer melhor a dimensão e o volume do investimento realizado", tendo em vista "resultados claros e concretos em benefício das populações"

"O PS de São Miguel sabe bem que os açorianos em geral e os micaelenses em particular têm a perfeita consciência de que nenhum governo consegue resolver todos os problemas e vencer todos os desafios de uma só vez", sustentou Marta Couto, referindo que "os micaelenses sabem bem que o caminho se faz caminhando com determinação e capacidade" e "resolvendo as questões que afetam o quotidiano dos cidadãos", com "a indispensável visão prospetiva e estratégica para lançar novas soluções e novas áreas relevantes para o desenvolvimento económico e o futuro coletivo" da maior ilha açoriana.

Os socialistas de São Miguel defenderam ainda que "os micaelenses sabem bem distinguir aqueles cujo exercício político se restringe e limita a falar mal de tudo o que é feito, sem acrescentar soluções e sem adiantar propostas concretas que contribuam para a vida dos cidadãos".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.