Açoriano Oriental
OE2021
PS avança com nova prestação social e 'lay-off' a 100%

O grupo parlamentar do PS apresentou esta sexta feira diversas propostas de alteração na especialidade ao Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), incluindo as reivindicações de BE e PCP para uma nova prestação social e o 'lay-off' pago a 100%.

PS avança com nova prestação social e 'lay-off' a 100%

Autor: AO Online/ Lusa

O anúncio foi feito na Assembleia da República pela líder parlamentar socialista, Ana Catarina Mendes, que salientou que as várias iniciativas visam reforçar áreas essenciais como os serviços públicos, as empresas e os trabalhadores, os setores sociais mais vulneráveis, mas também combater a corrupção.

A deputada socialista admitiu que “muitas destas propostas” foram conversadas com o PCP, mas também com o BE, e que o diálogo se mantém com os parceiros à esquerda.

Hoje terminou o prazo apresentação de alterações ao OE2021, seguindo-se a sua discussão e votação na especialidade até à votação final global do documento, prevista para 26 de novembro.

Em 28 de outubro, a proposta de OE2021 foi aprovada, na generalidade, com votos a favor do PS, abstenções de PCP, PAN, “Os Verdes” e das deputadas Joacine Katar Moreira (ex-Livre) e Cristina Rodrigues (ex-PAN).

PSD, BE, CDS-PP e os deputados únicos de Chega, André Ventura, e Iniciativa Liberal, João Cotrim de Figueiredo, votaram contra o diploma do executivo.

 


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.