Orçamento de Estado 2008

PS aprova sozinho orçamento na generalidade

PS aprova sozinho orçamento na generalidade

 

Lusa / AO online   Nacional   8 de Nov de 2007, 10:45

A proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2008 foi aprovada na generalidade apenas com os votos da maioria parlamentar do PS, com os votos contra do PSD, PCP, CDS-PP, BE e "Os Verdes".
O mesmo tinha acontecido com os orçamentos para 2006 e para 2007.

O deputado do PS e ex-candidato presidencial independente Manuel Alegre pediu a palavra para anunciar que vai apresentar uma declaração de voto.

Os deputados socialistas eleitos pela Madeira, Maximiano Martins, Jacinto Serrão e Júlia Caré, também fizeram saber que apresentarão uma declaração de voto na mesa da Assembleia da República (AR).

Os três votaram a favor do orçamento para 2008 na generalidade, não atendendo ao pedido feito pela direcção do PS/Madeira na quarta-feira à noite para que se abstivessem, contrariando a disciplina de voto.

Depois dos deputados do PSD, PCP, CDS-PP, BE e "Os Verdes" se terem levantado para votar contra a proposta do Governo, o presidente da AR, Jaime Gama, perguntou pelas abstenções e ninguém se levantou.

Ouviu-se então um coro de exclamações vindo das bancadas da oposição e houve quem sugerisse com gestos que os deputados do PS eleitos pela Madeira tiveram medo de se abster.

Participaram na votação do Orçamento do Estado para 2008 na generalidade 215 dos 230 deputados.

A votação na especialidade e a votação final global estão agendadas, respectivamente, para 22 e 23 de Novembro.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.